Arquivo para julho \20\UTC 2012

O benefício do perdão e o dia do amigo

Uma frase já extremamente consagrada é: O problema de todo esperto é acreditar que os outros são bestas.

Será?

No dia do amigo gostaria de levantar uma bandeira underground, fazer de conta que acredita em uma mentira é ser “otário”? Depende.

Na sociedade atual a mentira é artifício usado para as mais diversas situações, seja para se proteger, para alegrar ou simplesmente para enganar. A questão em si é: Vale a pena perder uma amizade, e todos os benefícios desta relação, por se perceber que este determinado amigo faltou com a verdade, ou, ao menos, a manipulou de modo a se beneficiar?

Minha natureza escorpiana afirma veementemente que sim, que toda falha não merece perdão, que quem falha uma vez pode falhar sempre, etc e tal. Porém eu já estou ficando “velho”, e este estado não permite mais pensamentos românticos de que os seres humanos são perfeitos, tão pouco que em determinadas situações não possam agir de forma tida como “correta”, pois esta correção de caráter os prejudicaria.

Penso atualmente que assim como no mundo dos negócios, deve-se pesar os prós e os contras de cada relacionamento, pois da mesma maneira dinheiro não tem orgulho, temos que encarar que a humanidade é falha por natureza.

Concluí que, as vezes vale a pena ser “besta”, contanto que saiba com quem se está lidando, evidentemente, pois esperar perfeição é utopia.

Feliz dia do amigo para todos os meus perfeitos companheiros e companheiras de jornada.

Anúncios

O Bahia e o Coito Interrompido

Frustração é um sentimento que pode ser ilustrado com os mais variados exemplos; Deixar de ganhar na loteria por um número; Acabar, logo na sua vez, o ingresso do cinema; Cair uma mosca no prato de comida preparado especialmente por um Chef internacional. E por aí vai, mas acredito que o sentimento de frustração que mais se assemelha ao que sinto agora é o coito interrompido.

Tudo começa quando você percebe aquela deusa, que de tão bela parece não caminhar, e sim permitir que os simples mortais acompanhem os seus delicados pés, aí você pensa: – Nunca vai me dar bola. Só que ela te olha, e, mais que isso, sorri. Você olha para os lados e percebe ainda incrédulo que o sorriso foi mesmo para si. Resumindo, surgiu uma expectativa onde não existia nada, se combina o encontro, você coloca sua melhor cueca, CK claro, o melhor perfume, aquele que seu colega trouxe do estrangeiro, pega o carro limpinho e a leva para o melhor restaurante da cidade. O papo foi maravilhoso e a noite promete, ela te convida para entrar e começa o rala e rola, de repente…  Pode escolher leitor, tanto faz:

1-     Meu marido não foi trabalhar e está entrando

2-     Minha menstruação chegou

3-     Esqueci a camisinha

4-     A camisinha furou

5-     Sua cueca está com uma “freada”

A sensação é de queda no abismo, tudo que havia idealizado foi por água abaixo, acho que todos já sentiram isso. E é o que sinto agora.

O Bahia terminou o campeonato do ano passado brigando para não cair, e não deu muitas esperanças para seu torcedor de que pudesse fazer um bom ano de 2012, mas fugindo de outros anos, manteve a base do elenco, tinha o melhor ataque do Brasil e foi campeão baiano depois de muitos anos. Além disso, contratou alguns jogadores de renome e manteve Falcão. O time falava de libertadores e a expectativa foi as alturas, mas o tombo doeu muito, 1 triunfo em 9 jogos, brigando para não cair, (novamente), este romance foi o pior caso de coito interrompido que tive, e. novamente, pode escolher pois tanto faz:

1-     O juiz roubou

2-     O time jogou bem e perdeu muitos gols

3-     O Flamengo deu sorte

4-     Existe uma conspiração universal

O QUE IMPORTA É QUE O BAHIA PERDEU POOOORRRRA! NOVAMENTE.

 

Passado este necessário desabafo, vamos raciocinar. Quem sabe vai haver uma segunda chance com aquela deusa, é bom deixar a cueca preparada, assim como a camisa tricolor, que por enquanto só está me causando frustração.